quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Medo do amor


Eu sou todas as duvidas dentro da sua mente,
mais a culpa não é minha se sua vida está toda fudida
Eu não quis que fosse assim, mas assim que aconteceu!
Eu sou o que você mais quer e deseja, e sou o que você mais odeia.
Talvez você não ganhe dessa vez, mais quem disse que seu coração vai perder?!
Sou o seu oposto, porém nossas palavras se eternizam por serem iguais
Eu sou seu medo de enfrentar seus medos, sou a voz que grita dentro da sua mente
Basta um olhar, e seu mundo começa a girar, mais não se preoculpe ele não vai cair e quebrar
Pois sua vida já está toda fudida, cheia de frustações, assombrações, cheia de indecisões
Cheia de garotas, cheia de paixões, cheia de bebidas, drogas, vicios, rebeldia e olhares confusos
Mas eu continuo sendo o que você mais odeia, pois você odeia o amor, e sabe que me ama!.









.-.Melissa Lobo.