sexta-feira, 11 de maio de 2012

Sei do que sei, e entre esses meus saberes, sei que nada sei.

Gosto dele, gosto mesmo dele, não sei muito dele, mas sei que ele entende todo mundo, mas não consegue me entender, sei que no fundo ninguém entende ninguém, pois não somos capazes de nos entender completamente.
Mas no fundo nós sabemos o que somos só não entendemos o porquê somos assim.
Não seria complexo se nós seres humanos  não tivéssemos essa mania incrível de tentar entender  tudo ao nosso redor.
Sei do que sei, e entre esses meus saberes, sei que nada sei.



.-.Melissa Lobo.