quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Apenas fique aqui comigo


Aquele aperto familiar no peito. A vontade de encruzar os dedos e rezar para que pelo menos dessa vez dê certo. Ainda que só agora. Só neste momento. O que vem depois não importa. Porque será como se todo o mundo lá fora estivesse em off...

Se você estivesse aqui, apenas estivesse aqui, eu esqueceria da vida, do mundo, de tudo. Sem rodeios nem expectativas, eu iria permanecer por aqui por muito tempo, até mesmo se nunca tivesse existido nada...

Ficaria até o para sempre acabar. Por varias e varia estações. Sem desistir. Sem pedir muito. Enquanto houvesse vida. Enquanto batesse esse meu coração. Talvez até depois. Sem começo, meio e fim, apenas infinitamente...

E mais uma vez aquele aperto constante no peito. Olhos fechados pra te encontrar. Não mude o rumo. Conspire ao meu favor. Não diz que vem se some, sorte. Me deixe pelo menos acreditar que encruzar mais uma vez os dedos pode mudar algo. Me deixa pensar que vai dá tudo certo um dia. Me deixa esperar que você fique, apenas fique aqui comigo.

-Ricardo Monteiro


.-.Melissa Lobo.