quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Noite de Natal ...


Era Noite de Natal, enquanto as luzes natalinas espalhadas pela casa piscavam, ela pensava suavemente nele, e na ultima vez que estiveram juntos. Ele havia prometido uma carta, mas nunca estivera em suas mãos. Talvez tenha rasgado e jogado ao mar, e desistido de entregar. Mas ela ainda tinha esperança de ver o telefone tocar. Afinal era Natal. Ele ligaria, nem que fosse pra dizer um feliz natal. Meia noite chegou e o telefone não tocou. Logo se deu meio dia. O telefone tocou algumas vezes, mas em nenhuma delas era ele.
Talvez ele tivesse adormecido. Ela não podia acreditar que ele havia a esquecido. Mas o Natal acabou e o telefone não tocou. Ele não ligou. E ela adormeceu, entristecida o esqueceu.
Mas a poucos segundo do ano novo, ela resolveu ligar para ele, e fazer ele lembrar que ela o ama de verdade. Então ligou, e disse do fundo do seu coração. Eu te Amo, mas isso só vai durar até o ano acabar. Ela desligou, e um novo ano começou.

Melissa Lobo.