sábado, 31 de maio de 2014

Me desculpe, mas eu sou assim.

Eu sei que estou errada, que esse meu exagero com pequenas coisas que acontecem ao meu redor um dia ainda vai me enlouquecer. Eu tento me conter, mas me desculpa de seu interpretei mal. sei que sou impulsiva demais para acertas de primeira. E algumas vezes minhas colocações são mal interpretadas, de tão complexas. Sei da minha dramatização por algumas coisas e pessoas, mas sou desconfiada demais para me manter em equilíbrio o tempo todo, tenho medo da traição, medo da rejeição. E me desculpa por isso. Eu tento me calar as vezes, mas não sei guardar desconfortos no meu peito, isso me sufoca não faz parte de mim ser quem eu não sou, até consigo, mas não me faz bem.

Melissa Lobo.