segunda-feira, 20 de abril de 2015

Impossibilidades

Quando você voltar
Não vá me avisar
Não vou estar aqui

Coisas hão de mudar
Feridas hão de sarar
E eu ei de ser feliz
Sem você
Sem ninguém

Estar feliz assim
Depende só de mim
Sofrer é com você
Pois não dá pra encontrar
Conforto em outro lugar
Que não seja aqui
Dentro de mim
Sem ninguém

Não há paz entre nós dois
Se não houver paz vem aqui
Espero, logo depois
Já tenha forças pra sorrir