sexta-feira, 24 de julho de 2015

Desejou a ela a solidão. Mas é ele quem vive a vagar sozinho.
Pensou que sabia o que era amor. Mas a julgou quando ela voltou.
Com medo de ser a escolha errada, escolheu a opção errada.
E agora caminha sem direção. Tentando se enganar de que foi melhor assim.
Ele não sabe, mas está completamente sozinho. Pobre alma infeliz.
Fingindo não lembrar, fingindo não amar, controlando seu corpo, enquanto sua mente vai de encontro a vadia que ele amou. E que seu coração quebrou.
Contradizendo o seu discurso, achando que odiar é o contrario de amar. Quando tudo que ele queria era continuar.

Melissa Lobo.