sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Não vou dizer adeus


Mais uma vez eu estou aqui...
Não tenho muito o que dizer, mais procuro lápis e papel para mais um vez te escrever
Mais uma carta que não vou te enviar, pois vou rasgá-la antes de lhe entregar
Não sei mais ao certo, o que fazer com essa saudade incontrolavel que sinto de você
E esse sofrimento que cresce a cada toque do telefone, a cada batida que ouço na porta
Sofrimento esse que jamais imaginei sentir, agora sei que a dor e o amor realmente andam juntos
No fundo acho que sempre gostei de gostar daquilo que não posso ter
Não sei mais o que fazer, que sentindo tem minha vida agora sem você?
Queria poder ouvir sua voz me dizendo "fica comigo" mais sei que essas falas são minhas
As vezes quando fecho os olhos sinto você aqui comigo
Ilusão... você está em meus sonhos, mais quando acordo só a um vazio
Vazio esse que nada e ninguém é capaz de oculpar...
Queria poder fechar os olhos eternamente, e assim poder te ter eternamente
Lembranças suas vem a cada segundo em minha mente, elas me atormentam
Me sinto abandonado, sozinho, e você..bom fico pensando onde você estará agora...
Certeza que está melhor que eu, que estou aqui implorando pra ti um pouco de seu amor
Meus desejos se resultam em você, se eu não puder te ter, não há sentido viver...
Minhas mãos estão tremendo....não sei bem o que estou fazendo, além de te escrever...
Mais sei que quando não vejo você, não vejo mais nada, escuridão vem me tirar o sono
Eu preciso de você, nunca vou te esquecer, porque eu te amei e ainda amo você
Não vou lhe dizer adeus, pois você estará comigo no meu sonho eterno chamado paraiso...
Vejo sua fotografia em minha parede pela ultima vez..
Então fecho os olhos...disparo o gatilho e finalmente te tenho eternamente aqui comigo.


.-.Melissa Lobo.