quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

O voo

E a gente sabe que vai doer, sempre soubemos, mas arriscamos tudo mesmo assim. Arriscamos como se a jamais fossemos cair desse voou, mas caímos, de pequenas e grandes quedas, e é preciso levar e seguir em frente, e quando para de sangrar, já estamos voando novamente, pronto ou talvez nem tão prontos para o próximo voo.




Melissa Lobo