quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Por favor, por amor

Eu não quero que ele bata na porta e pergunta se pode entrar. Eu quero que ele entre sem bater, que pule a janela, que invada meu coração sem cerimonias, sem por favor, só por amor.

Melissa Lobo.