terça-feira, 2 de junho de 2015

Você sabe que eu te amo?
Venha e deite comigo, me deixe te amar
E honestamente, eu te amo mas do que possa imaginar
Você me faz se sentir vivo
E eu vou te amar até o fim dos tempos

Eu tenho muito para dizer se você me deixar
É sempre difícil quando você está perto de mim
Mas aqui e agora, há interesse em seus olhos
Então me escute, apena uma de tantas outras vezes
Que eu te amo infinitamente até o fim dos tempos