sábado, 21 de maio de 2011

Faz frio lá fora, o vazio me domina, e a saudade já aperta..


Eles entraram no carro e se foram, antes de virar a esquina ainda podia ver minha irmã no vidro do carro me dando tchal, e gritando pra eu cuidar bem do Jubilão ( seu cachorro de pelúcia, que é parte da família). Eles só estavam indo viajar, mais meus olhos encheram de aguá, e uma tristeza, misturada com uma saudade instantânea, fizeram meu coração apertar mais forte no peito. Acho que fiquei parada na esquina do meu prédio, por horas, olhando para o vazio que o carro deixou assim que partiu. Todos que passavam me olhavam, de moleton, com um bicho de pelúcia em uma das mão, olhando para o infinito com os olhos cheios d'agua. Como se aquela fosse a ultima vez que estivesse os vendo.

.-.Melissa Lobo.