sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Sem parar, sem correr, vou me entregando para você...

Para ele é só diversão, só curtição. Somos diferentes, vivemos em mundos diferentes, mas sempre que eu o vejo o céu está limpo, e as estrelas são visíveis. E eu queria entender o porque?! E ele me olha nos olhos, me beija na boca, e me abraça forte.
E eu vou dormir as 4 da manha, deitada na cama com o fone de ouvido, ouvindo uma radio qualquer,  lá fora a chuva cai, madrugada fria, encolhida abraço minhas pernas, estou pensando nele.! E isso está se tornando frequente, o encontro em meus sonhos e acordo tentando entender o porque, um lado manda eu ficar longe dele, o outro me leva a me entregar a ele. E eu fico sem saber o que fazer. Não consigo parar e nem correr, e assim vou caminhando mais uma vez até ele sem querer, querendo.

.-.Melissa Lobo.