quarta-feira, 29 de maio de 2013

O amor é egoísta

Penso em deixa-ló. Parece cruel. Mas o amor é egoísta. E eu o amo de mais para ser egoísta com ele. Ele passou tempo de mais sozinho, e não conheceu o mundo que merece. Não posso exigir que ele seja só meu. Ele tem de conhecer outros corpos, outras pessoas, outros amigos, outras mulheres. Precisa ter certeza do que quer. Precisa sair e se divertir. Transar com uma garota e nem lembrar do nome dela no dia seguinte. Provar o lado cafajeste da vida. Antes de se tornar o cavalheiro da armadura brilhante. As vezes o amor é isso, é abrir mão de quem se ama, pra que seja feliz. Mesmo que longe de você.
Sentada aqui lendo mais um dos meus mil livros, nesse dia frio e chuvoso, penso em deixa-ló. Mas quando o encontro só consigo pensar em ama-ló. O amor é realmente egoísta. E eu também. Não sei se vou deixa-ló. Não agora pelo menos. Mas talvez, quem sabe um dia.

Melissa Lobo.